quinta-feira, 16 de agosto de 2012

✈ Diário de viagem: Miami - Capítulo II



Chegando em Miami, você logo percebe que está em um outro mundo. Se fosse para descrever tudo o que vi, tiraria o foco do post, que é a alimentação. Então, saibam que lá é tudo muito bom, que vale a pena guardar dinheiro pra ir, que as pessoas são educadas, os preços baratos e tudo funciona, até o GPS.
Então, vou focar somente na alimentação. Caso alguém queira dicas com relação a outros assuntos, como lugares para compras e afins, entra em contato através dos comentários ou email (endereço fornecido aqui do lado direito), ok?!

Logo que chegamos em Miami, e após ficar uma hora na fila da imigração, fomos direto buscar o carro para irmos para o hotel. O cansaço era enorme e por eu não ter jantado no avião, estava faminta. Saímos em busca de um restaurante em que eu pudesse ter uma alimentação segura. Andamos, andamos e andamos até que minha irmã avistou um restaurante brasileiro. Pensamos: "É aqui mesmo!". Descemos, a dona e os garçons eram brasileiros. Expliquei da minha intolerância, já conhecida por eles, e aguardei meu prato. Pessoal, DIVINO. Comida tipicamente brasileira e uma equipe super simpática. Um suco de caju maravilhoso e refrescante.

Esse restaurante se chama Little Brazil. Comandado por uma carioca, a Cecília, é um restaurante pequeno e saborosíssimo. O arroz com feijão deles é espetacular. Está mais do que recomendado! 

Já a escolha do hotel foi pensada pela minha mãe. Como vocês sabem, a alimentação americana é a base de fast food. Então, minha mãe teve um cuidado muito grande com relação a minha alimentação. Por isso, decidimos por um flat que tivesse minimamente uma geladeira e um fogãozinho. Minha vida é tão cheia de "coincidências" (não acredito no acaso, mas decidi nomear assim...) que o dono do hotel que escolhemos reside aqui em Ribeirão Preto. O hotel é nota 1000. A equipe toda é super atenciosa, o hotel é graciosíssimo e fica super bem localizado. O nome dele é Sun Harbour Boutique Hotel. Tirei algumas fotos para mostrar um pouco da estrutura desse lugar adorável.



Frente do hotel, localizado na Collins Avenue



Cozinha do flat, super completa




Mesa para as refeições. Do lado esquerdo, está a cozinha, mostrada acima



Quando abríamos a porta do quarto, dávamos de cara com essa área de lazer

Minimamente, dá para vocês verem o quanto ele é gracioso, não é? Certamente, essa foi nossa melhor escolha. Na cozinha, já com utensílios, eu preparava o meu almoço e o meu lanchinho da tarde, colocava tudo dentro de uma sacolinha térmica e ia curtir o dia, feliz da vida porque tinha certeza de que não passaria mal.

Contei com a indicação da Isabella, do Sun Harbour,  para fazermos as compras de supermercado. Sou apaixonada por supermercados, então não poderia ser diferente. Lá, todos os supermercados são divinos, com muita variedade de produtos, incluindo remédios. Publix é o nome do supermercado que fica atrás do hotel. Ele está localizado na Harding Avenue. 


Supermercado Publix, localizado na Harding Avenue

Neste supermercado, conseguimos encontrar tudo o que precisávamos para nossas refeições (geralmente café da manhã e jantar). Quando digo TUDO, é TUDO mesmo, inclusive produtos sem glúten. Diferentemente do Brasil, nos EUA há uma preocupação muito grande com os alérgicos, que representam boa parte da população. Lá, é bastante comum encontrarmos os alérgicos a amendoim, por exemplo. Então, apesar de não existir uma lei que os obrigue a colocar "contém glúten" ou "não contém glúten", há um respeito e um cuidado com o próximo bastante encantador. Nas embalagens, após a descrição dos ingredientes há algo escrito como May contains: milk, soy, peanuts and wheat (Pode conter: leite, soja, amendoim e trigo). É tudo bem descrito. Claro que o glúten não é representado só pelo trigo e ele pode estar escondido em algum ingrediente. Como não sou habitante de lá e tampouco acostumada, na dúvida, eu não comia. 

Confiram o que consegui comprar no Publix, logo no primeiro dia:


Clique na foto para visualizá-la maior

Vamos a descrição das fotos:

1. Na primeira foto, temos um macarrão de quinoa, já bastante conhecido aqui no Brasil. A grande questão é que aqui, ele é caríssimo. Lá, no Publix, consegui comprá-lo por 2,87 dólares. Façam as contas e chorem! Não pude perder a oportunidade e trouxe logo duas caixas na mala. Imperdível! 
2. Na foto de número 2, vocês podem conferir um queijo mussarela, embalado individualmente, a base de soja. Acreditem se quiser...sem lactose. Alguém já viu um desses aqui no Brasil? Eu ainda não. Com ele, preparava meus lanchinhos da tarde, junto com o peito de peru. O preço não é lá grande coisa, mas penso que vale muito a pena. Acredito ter pagado 3,49 dólares.
3. A perfeição de um pão sem glúten está exatamente na foto 3. Irresístivel, com textura, gosto e tamanho de um pão de forma normal. Deve ser mantido no freezer, porém, ao ser descongelado, não necessita de aquecimento. Ele é perfeito assim mesmo. Ele é da marca Glutino e fabricado no Canadá. Já entrei em contato com a empresa para saber se é possível adquirir os produtos aqui no Brasil. Assim que obtiver uma resposta, repasso para vocês. Acabei pegando uma promoção e paguei 3,99 dólares. Realmente, Ribeirão Preto abusa nos preços. Aqui, é possível encontrar pães de marcas inferiores por até 15 reais. Como me sinto explorada por aqui. Lamentável!
4. Waffle é mania de americano. Eu, particularmente, não tenho essa paixão. Mas lá, eu queria experimentar absolutamente tudo. Decidi comprar. Deus do céu...delicioso. Ele é de blueberry, uma frutinha bastante consumida por lá. No meio do waffle, havia uns pedaços dela. Pelo o que me lembre, paguei o preço de aproximadamente 4,89 dólares.
5. Finalmente, na quinta foto, você podem conferir o waffle com a geléia de morango. IRRESISTÍVEL! No café da manhã, comia uma fatia de pão com margarina, um waffle com geléia, um copo de suco e uma porção de frutas. Sim, o café da manhã tinha que ser bem reforçado, pois os dias eram intensos. 

Realmente, queridos...era de se lambuzar. A qualidade de todos os produtos era de primeira e o preço bem parecido, se não, mais barato que aqui. Penso que um waffle desses por aqui custaria por volta de uns 15 reais para mais. Ficava muito "histérica" com tudo.

No Publix, você consegue identificar os produtos sem glúten através da sigla GF (gluten free) nas etiquetas. Tudo super organizado. As frutas (abusem!) são lindíssimas. Não são baratas mas vale a pena.
Um outro lugar que consegui encontrar produtos sem glúten foi no Whole Foods, um outro supermercado, só que mais parecido com um Pão de Açúcar, por exemplo. Vende bastante produtos orgânicos. Ele é mais caro mas, denovo, vale a pena. 


Com diversas lojas em diferentes locais, esta está localizada em Aventura, pertinho do Aventura Mall

Lá é possível encontrar de tudo também. Como vocês sabem, nos EUA não há preocupação com o meio ambiente. Então, sacolinhas de plástico para todos os lados. Somente no Whole Foods vi sacolas de papel. Achei super bacana!

Todos os produtos sem glúten são identificados com uma etiqueta roxa, como na foto abaixo.



Super fácil, não é? 

Por lá também é possível fazer refeições. Todos os pratos possuem uma etiqueta acima dele, indicando os ingredientes e possíveis agentes alergênicos. Tirei uma foto para que vocês vejam como é:



Reparem que este prato contém ovos e trigo. Então, tudo é identificado.

Porém, é possível também encontrar uma etiqueta alertando para a contaminação cruzada. Eu decidi não levá-la em consideração e comer. Foi batata: passei mal. Fiquei o dia todo com a barriga inchada e nauseada. Aí, dá-lhe dramin. Mas depois ficou tudo bem.
Como eu disse, sou sensível e passo mal com contaminação cruzada. Isso é relativo, de pessoa para pessoa. 
No Whole Foods, encontrei um pacote de cookies que é um sonho. Da mesma marca do pão, Glutino, ele é perfeitamente igual aos com glúten. Ele derrete na boca.




É demais de perfeito! Consegui trazer um na mala...deveria ter trazido mais, mas o difícil é caber tudo dentro dela.

Para endereços e telefones de todos os estabelecimentos citados cima, cliquem sobre o nome e você será direcionado para o site de cada um deles. Posteriormente, também disponibilizarei aqui as listas úteis com relação a alimentação.


E ATENÇÃO: agora, aqui no blog, sempre disponibilizarei enquetes para que vocês respondam e eu possa conhecer mais o público que visita este cantinho. Ela estará sempre localizada do lado direito, acima dos arquivos do blog. Não esqueçam de contribuir para a melhoria do blog. Muito obrigada!


Por hoje é só...logo logo voltarei com mais um capítulo...Aguardem!




----------------------------------------------
Editado dia 11.01.2015

✈ Clique aqui para ler o capítulo 4
✈ Clique aqui para ler o capítulo 5


* Esteja atento(a) a data dessa publicação, pois podem haver alterações com relação aos lugares visitados sem conhecimento do blog!

6 comentários:

  1. Oi, meu nome é Carol e estou amando os eu blog. Não sou celiaca mas tenho um afilha de anos que é.... Esse post sobre Miami está encantador, est.brou anotando todas as dicas! Estou ansiosa pea parte III. Parabéns, grande bjo! Carolina Cavalcante, Recife - PE
    cavalcantemc@yahoo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carol! Que bom tê-la por aqui. Muito obrigada pelo seu comentário e claro, pelas visitas. Fico muito contente por saber que, de alguma forma, ajudo pessoas que estão na mesma condição que eu. E é por saber disso, em mensagens como a sua, que me sinto motivada para escrever. Obrigada, de coração. E já sabe né, qualquer dúvida, sugestão, crítica, dicas...é só mandar um email ou fazer um novo comentário, tá? Um grande beijo para você e sua filhota

      Excluir
    2. Duda, fala mais da sua viagem, está tão legal! Beijos, Carolina Cavalcante, Recife-PE, cavalcantemc@yahoo.com.br

      Excluir
    3. Olá, Carolina!

      A saga continua, acredita? O próximo post estará no ar em breve. E, ainda, acredito que terá o quarto capítulo. Fique com as antenas ligadas porque já já você verá a continuação por aqui. Obrigada pelo carinho!

      Excluir
    4. Olá, chegou ao brasil glutino e udi's. :)

      Excluir
    5. Fiquei sabeeeendo! Que maravilha, né?
      Obrigada por compartilhar, Carina!

      Excluir

Que bom ter você aqui!
Seu comentário é muito importante. Deixe-o aqui e não se esqueça de voltar para visualizar a resposta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...