quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Receita de hoje: pão salgado de frigideira + pão doce de frigideira + mini pizza


Sério, essa receita mudou minha vida! Ela é tão versátil, prática e rápida.

Aprendi no blog Mamão e Açúcar e, a partir dela, fui e ainda estou inventando. Adoro receitinhas assim, que permitem outras criações. Sem contar que a receita é individual, o que permite ser feita na hora. Primeiro, vou falar da receita original e, em seguida, as dicas do que já fiz a partir dela. 

Separe: 
- 1 ovo 
- 1 colher de sopa (rasa) de óleo 
- 1 colher de sopa de água
- 2 colheres de sopa (rasa) de aveia sem glúten (uso a marca Monama)
- 2 colheres de sopa (rasas) de farinha de arroz (tenho usado da marca Urbano e da Aminna, que ganhei da loja virtual Natue)
- 1 colher de café de fermento para bolo
- 1/2 colher de café (rasa) de sal 

Primeiramente, peneire o ovo (acreditem, faz diferença!). Quando não peneirei o pãozinho ficou com cheiro e sabor acentuado de ovo. 
Bata bem o ovo e acrescente o óleo e a água. Em seguida, adicione a aveia e a farinha de arroz e bata mais, até ficar bem homogêneo. Por último, acrescente o sal e o fermento. Em uma frigideira (a minha é bem boa então não preciso nem colocar óleo, mas se a sua frigideira gruda um pouquinho é melhor untá-la), despeje a massinha e deixe dourar dos dois lados, sempre em fogo baixo. Está prontinho e a espessura ficará igual a da foto acima (se você usar uma frigideira com 20 cm de diâmetro na boca e 13,5 cm no fundo).

Dicas
Agora, vamos as transformações dessa receita incrível! 

* Quando fiz pela primeira vez, achei que o pãozinho ficou grossinho e eu queria mais fino. Então, para deixá-lo mais fininho, é só dividir a receita, não os ingredientes mas a massa mesmo, antes de levá-la a frigideira. Aí essa divisão pode ser algo muito bom: se você não acrescentar o sal, você pode dividir a massa. Em uma metade você coloca o sal e na outra metade você acrescenta açúcar mascavo e chocolate em pó, a gosto. Pronto, com uma única receita temos um pãozinho salgado e um doce. Claro que vai render uma porção pequena, ideal para quem não come muito de manhã (eu, por exemplo). Mas, se quiser, pode fazer a receita inteira, aí é só seguir a receitinha lá em cima, eliminando o sal e acrescentando o açúcar e o chocolate em pó.

No pãozinho salgado gosto de passar margarina mas também pode-se comer com requeijão, queijo cottage ou o que mais preferir. No pãozinho doce, pode-se colocar geléia, doce de leite e já coloquei iogurte (sim, fica delicioso!). Nas fotos abaixo foi feita uma receita; depois de pronto o pãozinho, dividi no meio para fazer a foto.

Pãozinho salgado feito com metade da massa da receita original, deixando-o mais fininho

Pãozinho doce feito com metade da massa da receita original, deixando-o mais fininho
* Para deixar o pãozinho super saudável e gostoso, podemos acrescentar semente de linhaça, de chia ou ainda gergelim. 

A outra transformação SUPER top foi a mini pizza. Ficou divina mesmo! 
Para fazer a mini pizza eu usei aquelas mini frigideiras, que geralmente são para fazer um ovo (a minha eu comprei no Pão de Açúcar, na marca Finlandek; ela tem 14 cm de diâmetro na boca e uns 10 cm de diâmetro no fundo). Mas também pensei que dá para duplicar ou triplicar a receita, fazer em uma frigideira maior e cortar a pizza em mini pedacinhos triangular. Pode-se fazer uma refeição ou petiscos. Uma ideia bem legal. 

Para fazer a mini pizza, é só seguir a receita original (com a ideia de deixá-la mais fininha), dispor os disquinhos em uma fôrma, acrescentar molho de tomate e o que mais quiser. Eu, por exemplo, acrescentei peito de peru, tomatinhos cereja, queijo e orégano. Depois, é só levar ao forno para derreter o queijo e se deliciar. 
Vejam como ficou linda! (E não só linda, muito apetitosa)


Gostaram dessa receita que vira outras duas?
O que mais pode-se criar com essa? Já pensou? Divide com a gente!

9 comentários:

  1. Qual aveia você usa?

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Olá, Patricia!

      Já fiz sem aveia sim e deu certo ;)

      Espero que dê certo na sua receita também

      Beijocas

      Excluir
  3. Olá...recentemente o hematologista me pediu para fazer uma endoscopia para tentar descobrir porque não absorvo os nutrientes, o que me causa uma anemia persistente...pois não é que o exame sugeriu intolerância ao glúten? Estou com as guias para fazer os exames de sangue e levar para um gastro, mas o hemato disse que a chance é bem grande de ser isso mesmo. Confesso que estou chateada, porque é muito difícil mudar hábitos que se tem há 40 anos. Tudo tem o maldito glúten, tudo. Não sou a pessoa mais cozinheira do mundo e morro de preguiça de ir pra cozinha. Tenho uma vida meio agitada e quase nenhuma possibilidade de levar comida para o trabalho...não sei muito bem o que vou fazer...fico desesperada e triste a cada rótulo que leio...hoje fui comprar um chocolate e vi o glúten lá...chocolate!!! Como eu vou fazer pra viver sem o chocolate? Aí você procura produtos sem glúten e não acha. Até o bendito pão que eu não vivo sem...juro, estou perdida, chateada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Flávia! Muito obrigada pela sua mensagem!

      Hoje temos muuuuitas opções no mercado. Existem excelentes chocolates sem glúten, fique tranquila. Primeiramente, você precisa saber o que é contaminação cruzada. Aqui no blog vai encontrar sobre isso.

      É natural ficarmos chateados no início. Eu também fiquei quando eu soube. Mas, depois, vamos aprendendo a lidar com os desafios e a apreciar as boas coisas que vêm com o diagnóstico.

      Me manda um email ou um inbox na página do facebook. Vamos conversar mais!
      www.facebook.com/blogsemglutenporfavor
      semglutenporfavor@gmail.com

      Um grande beijo e fiquei tranquila! Tudo vai dar certo ;)

      Excluir
    2. Andréa Quinzeiro30 de abril de 2016 11:18

      Calma Flávio, a vida sem gluten já foi mais complicada, acredite!! Hj em dia encontramos no mercado muitas opções sem gluten, pão, petiscos, biscoitos, aveia e tantos outros produtos. Chocolate não se preocupe o mercado tb tem, inclusive as barrinhas da Brasil cacau não contém gluten, pode observar. Vc vai se adaptar logo logo. Bjs

      Excluir
  4. Flavia, comigo foi exatamente assim. Descobri fazendo endoscopia com biopsia do duodeno. E tudo por causa da anemia persistente.
    Faz 3 meses (desde que recebi o diagnostico) que nao como mais gluten ou lactose. No inicio eu me sentia assim como vc. Mas aos poucos vi que tem jeito pra tudo!
    Observo que o que tirei foram as "porcarias": bolachas, paes brancos, roscas, pizza, frituras empanadas... Alimentos pobres em termos nutricionais, e que faziam meu corpo inchar e ficar irritado.
    Chocolate a gente tem varias marcas SGSL (only 4, soymilk, so pra citar algumas); temos alfarroba, que eu tinha "preconceito" e hoje amo! Passo aquela versao em creme nas torradas e jogo chia por cima.
    Procure uma boa nutri que conheca bem a DC (nem todas manjam). Vc vai que tem otimas dicas!
    Tenho feito tratamento com probiotico e glutamina, e tem dado resultado! Ontem recebi resultado do exame mais recente e meus indices de ferro /ferritina dobraram! :)
    Voce nao esta sozinha nessa! Forca!!
    Gracas a Deus podemos escolher o que comemos! Num pais como o nosso, isso e um privilegio!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isabela, lindo depoimento! Obrigada por compartilhar aqui!

      Um grande beijo

      Excluir

Que bom ter você aqui!
Seu comentário é muito importante. Deixe-o aqui e não se esqueça de voltar para visualizar a resposta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...