quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Receita de hoje: Pão de liquidificador


Geeeeente, meu primeiro pão sem glúten! 
Nem acredito! 

Era só isso que faltava na minha lista de receitinhas. Eu não tenho paciência e tolerância a frustração o bastante para os pães sem glúten. Todo mundo sabe que achar a receita de um pão que chegue o mais próximo possível do pão com glúten é extremamente desafiador. Ainda bem que eu tenho leitores corajosos que já compartilharam receitas de pãezinhos porque quando alguém me pedia uma, lá ia eu explicar que nunca testei. O fato é que eu precisava desse tempo para me tornar menos exigente. Quando somos recém diagnosticados ainda guardamos lembranças do pão francês e isso torna a jornada bem mais difícil. Com o tempo, nos acostumamos com as coisinhas um pouco mais secas e durinhas e aí fica bem mais fácil gostarmos de pão sem glúten. 

Além disso, outra coisa que me incentivou é que vou me casar e na minha casa vamos optar por não entrar glúten, apenas a cerveja que é bem mais difícil de contaminar minha comida do que migalhas de pão francês, por exemplo. Então, se eu não quero que entre glúten na minha casa, eu me sinto na obrigação de servir algo para minhas visitas e isso inclui o queridinho do café da manhã e da tarde, o pão. Mas, como eu mencionei, não tenho paciência pra esperar fermentar e também não tenho tolerância o bastante para ver que a receita do pão não deu certo e tudo vai para o lixo. 

Como a vida é um grande dar e receber, um amigo de uma amiga muito querida me contou dessa receita. Acreditem que quando ele foi diagnosticado e nós conversamos, ele se lembrou de que meses atrás, quando ainda não sabia que era celíaco, ao saber da minha intolerância, disse: "No seu lugar eu morreria!". Mas, ele não morreu, nós já fizemos passeios gluten free e hoje trocamos receitas. A vida não é mesmo muito engraçada? 

Eu nem botava fé na tal receitinha mas quando li era tão fácil mas tão fácil que seria até feio eu não tentar, nem que fosse pra jurar que nunca mais faria um pão sem glúten e serviria tapioca para minhas visitas. Eu tentei e adorei o resultado! Se você comer esse pãozinho esperando encontrar algo parecido com o pão francês você pode se frustrar. Agora, se você for de peito aberto corre grandes chances de eleger essa receitinha como a queridinha. 

Quando recebi a receitinha, ela estava em medida de copo americano. Nossa senhorinha das receitas, eu não suporto receita com essa medida porque embora ela pareça universal, não é. Uns falam que o copo americano tem 200 ml outros 250 e o rolo já começa aqui. Então, eu transformei toda a receita. 

Então, chega de papo e vamos colocar a mão na massa? Não, espera! 
Nem a mão na massa a gente coloca nessa receita. Simbora aquecer o forno!

Você vai precisar de:
- 3 ovos
- 100 ml de óleo
- 210 gramas de farinha de arroz
- 170 gramas de iogurte zero lactose
- 1 colher de sopa de açúcar
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de sopa de fermento em pó
- Fibras (aqui vale acrescentar aveia, chia, quinoa, enfim, o que quiser) | não tem uma quantidade certa mas pelo o que me lembro acrescentei 1 ou 2 colheres de chia 
- Gema para pincelar e dar uma corzinha para o pão 
- Papel manteiga para forrar a fôrma, que deve ser aquela de bolo inglês (retangular)

No liquidificador, bata os ovos, óleo, iogurte, o sal e o açúcar. Aos poucos acrescente a farinha de arroz e se optou por acrescentar, as fibras. Por último, coloque o fermento em pó. Despeje a mistura na forma, pincele a gema de ovo e leve ao forno pré aquecido por 180 graus. O tempo vai variar de forno para forno mas aqui em casa, que usamos o forno elétrico, levou 30 minutos para assar. O ideal é ir espetando o palito de dente para saber se já está prontinho. 

E sim, acabou! Só isso? Só isso, gente!
Muito fácil, não é?

Pode receber os amigos, a família e servir o café. Hoje vai ter pão quentinho!


6 comentários:

  1. Ola. Você sugeriu acrescentar aveia no pao sem gluten?

    Para os celiacos aveia nao é permitido. Deve ser substituída por amaranto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elaine. Como vai?

      Não sei se você conhece mas há disponível no mercado duas marcas de aveia certificadas, portanto aptas para celíacos. É a Monama e a Red Bob's Mill.

      Todas as outras aveias contém glúten devido ao contato direto com o trigo desde a plantação e não por conterem glúten naturalmente.

      Beijocas

      Excluir
  2. Preciso comentar que o pão realmente é sensacional!!! Acabei de fazer a receita, achei prática e deliciosa. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiane, que bom! Fico muito feliz com isso!

      Um grande beijo

      Excluir
  3. Fiz o meu, ficou uma delicia!!!!
    Obrigada por comparrtilhar.

    ResponderExcluir
  4. O melhor pão sem glúten q já comi. Adorei!! Obrigada por compartilhar!!!

    ResponderExcluir

Que bom ter você aqui!
Seu comentário é muito importante. Deixe-o aqui e não se esqueça de voltar para visualizar a resposta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...